O que é preciso para revender lingerie?

C:\Users\Mauricio\Documents\Monize\2020\Mês 01\Leonardo - artigos\art 9.0.jpg

Esclareça neste post todas as suas dúvidas sobre o que é necessário para se tornar uma revendedora de lingerie!

Revender lingerie é uma oportunidade de mercado que cresce cada dia mais e a prova disso são as 100.000 buscas mensais no Google sobre o assunto.

Mas, o fato é que o assunto ainda gera muitos questionamentos em quem deseja iniciar nesse mercado.

As dúvidas são diversas, como quais as peças e modelos apostar, onde comprar lingerie por atacado, qual a comissão ideal para se ter, como conseguir mais clientes, enfim.

Todos esses pontos são importantíssimos e devem ser considerados na hora de investir nesse negócio, afinal serão esses que determinarão o seu sucesso no mercado.

E foi justamente pensando em otimizar seu tempo que preparamos o conteúdo de hoje!

Mostramos no tema de hoje tudo o que é preciso para montar seu negócio de venda de lingerie, ou seja, quais são os primeiros passos! Vamos conferir?!

  • ENCONTRAR UM FORNECEDOR DE LINGERIE

O primeiro passo para começar a revender lingerie é encontrar um parceiro comercial, ou seja, alguém que revenda as peças para você.

Nesse sentido, já adiantamos que existem dois tipos de fornecedores: os consignados e os avista.

Aqueles que oferecem apenas a opção de pagar a vista podem ser bons no sentido de que terá provavelmente um desconto no valor total da compra.

Em contraponto, o consignado para uma parceria em longo prazo pode ser interessante no sentido que você paga apenas o que revender. 

Obviamente você deve pesar as duas opções para a sua situação, isto é, se tem dinheiro para pagar a vista ou não. 

Além do mais, o fornecedor consignado pode ser muito vantajoso para quem está começando e ainda não conhece os gostos de suas clientes, fazendo com que tenha a opção de ir ajustando seu estoque à medida que for realizando as vendas.

Mas, o mais importante a se destacar na escolha do fornecedor de lingerie é que esse possibilite a compra das peças por atacado. 

Comprar lingerie por atacado é essencial se você quer ter melhores condições de pagamento e boa margem de lucro.

Isso acontece justamente por que conseguindo comprar mais peças, automaticamente terá descontos e menor preço em cada modelo, podendo ganhar mais um pouco na sua comissão. 

Além do mais, quanto menos você pagar na lingerie, melhor será o preço de revenda para a cliente, aumentando a competitividade de mercado. 

Porém, nunca se esqueça que um bom fornecedor de lingerie deve oferecer quatro coisas a você: qualidade, variedade de estoque, bom prazo de entrega e preço acessível!

  • TER UM BOM PLANEJAMENTO FINANCEIRO 

Bom, agora você já pesquisou quais são os melhores fornecedores de lingerie no mercado e já selecionou alguns que satisfazem as suas condições. 

O próximo passo então é sentar e realizar um planejamento financeiro para começar o seu negócio.

Não se assuste achando que não dará conta ou que não sabe fazer, pois não é preciso ser um especialista no assunto, basta organizar os gastos iniciais para montar seu negócio.

Assim, é importante pensar em alguns pontos, como:

  • Qual será o custo de investimento inicial (formação de estoque, máquina para passar cartões, mobiliário para guardar as peças, custo com divulgação e etc.)
  • Atenderá somente em casa ou haverá deslocamento até os clientes? 
  • Fará suas vendas de lingerie em qual espaço da casa? Montará uma peça para atender as clientes ou será de forma informal mesmo?

Pensando em tudo isso, o segundo ponto para seu planejamento é identificar quais serão suas metas quanto revendedora de lingerie.

Isso significa que você deve por no papel o quanto de dinheiro pretende ganhar no fim do mês, sendo realista, ou seja, avaliando as horas de trabalho que dedicará para isso.

Agora, você deve avaliar esses dois pontos juntos, isto é, os gastos e os ganhos. 

Elabore uma planilha financeira no Excel com tudo o que irá investir no início e quanto tempo de trabalho será necessário para recuperar esse valor. 

O que sobrou dessa diferença? Está na meta de faturamento que você deseja? Será preciso vender mais lingerie? Tudo isso deve ser muito bem pensando antes de começar, especialmente se deseja viver apenas com essa fonte de renda.

Além do mais, iniciando seu negócio, é indispensável ter controle de tudo, tanto dos gastos eventuais e fixos quanto das vendas realizadas. 

Então, anote tudo, para saber realmente se está valendo a pena, pois somente comum bom planejamento financeiro poderá traçar novas metas e se tornar uma vendedora de sucesso no mercado!

  • TENHA UM PLANO PARA A CAPTAÇÃO DE CLIENTES

Um dos principais esforços na revenda de lingerie é a captação de clientes, afinal é preciso vender ao menos uma peça por dia. 

Isso é ainda mais importante no começo do seu negócio, especialmente se você não tiver muitos contatos, como amigas, colegas de trabalho, familiares e etc. 

A primeira dica então e talvez a mais eficiente seja investir nas vendas de lingerie pela internet, criando uma página para seu negócio e divulgando suas peças em grupos de vendas online.

A segunda dica é começar com peças com bom preço, para vender mais e assim as clientes indicarem seus produtos para outras pessoas.

E, a terceira dica para captar clientes é fazendo uma boa apresentação de suas peças, ou seja, tirando boas fotos, mantendo um catálogo atualizado com cores, modelos e tamanhos e principalmente demonstrando segurança na hora da venda. 

Portanto, esses são os três pontos básicos para começar a revender lingerie! Sem eles todo o seu esforço pode estar comprometido!

Então, considere cada um desses aspectos e se torne uma revendedora de sucesso!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp