Passo a passo de como começar um negócio de lingerie

Descubra nesse guia como montar o seu negócio de revender lingerie do absoluto zero!

A venda de lingerie com certeza está entre as opções de mercado mais promissoras, justamente por ser um negócio simples e muito rentável.

Porém, justamente por ser uma boa oportunidade para ganhar dinheiro é que a concorrência aumenta, fazendo com que só os melhores permaneçam no mercado.

Assim, se você quer saber como começar um negócio de roupa íntima e ter um bom faturamento mensal, é importante estar preparado para entender tudo sobre esse segmento.

Além do mais, quanto mais eficientemente você traçar suas estratégias de vendas, maiores as chances de sucesso, fazendo a sua revenda de lingerie ser um sucesso total!

Então, para que você ingresse com o pé direito no mercado de lingerie (link art 3), preparamos esse guia completo de como montar seu comércio de moda íntima.

Ele é um passo a passo de como você pode otimizar toda a sua operação para atrair mais clientes e vencer a concorrência. Tudo isso em apenas 5 passos!

CONHEÇA SEU PÚBLICO

A base de qualquer negócio é o público-alvo e por isso, a primeira coisa que você deve fazer definir exatamente quem serão seus clientes.

Isso lhe ajudará a saber quais serão as peças a comprar, considerando sexo, pois mesmo que a maior parte da clientela seja mulher, os homens também marcam presença nas compras de peças íntimas, seja para seu próprio guarda-roupa ou para presentear suas companheiras.

Além disso, definirá o estilo dos clientes (lingerie mais casual, sensual, enfim), tamanhos (moda plus size está entre as opções mais solicitadas atualmente), faixa de preço (conjuntos mais baratos ou de linhas mais tradicionais), entre outros.

Então, antes de sair encomendando mil e uma lingeries, é crucial avaliar quem será o seu público, quem são as pessoas que poderão comprar suas peças.

TENHA BONS FORNECEDORES

O próximo passo de como começar um negócio do zero é encontrar bons fornecedores de lingerie.

Será essa parceria comercial que determinará todas as suas vendas. O motivo é bem simples: preço e qualidade. 

Somente com um fornecedor bom você poderá negociar melhores preços, o que consequentemente poderá aumentar a sua margem de lucro.

Mas, não é somente isso, pois para se manter no mercado de lingerie, você precisará ter uma boa reposição de peças.

Então, como será possível oferecer novidades frequentemente para suas clientes se o seu fornecedor atrasa? E, pior ainda, se o mesmo não mantém a qualidade?

Por essas duas razões então que você deve fazer uma pesquisa muito bem detalhada de fornecedores para revender lingerie

Sempre priorize aquele parceiro que lhe der o melhor prazo de entrega, preço de aquisição e qualidade do material. 

AMPLIE SEUS CANAIS DE VENDA

Revender lingerie nunca foi tão fácil como nos dias de hoje, pois cada vez mais as pessoas têm pensado nessas peças não só como roupa obrigatória, mas principalmente como algo essencial em seu guarda-roupa.

Mas, por mais lindas que sejam suas lingeries, por melhor que seja seu preço de revenda, por mais amigas que tenha para mostrar as novidades, é essencial ampliar seus canais de venda.

E, quando falamos nisso, estamos nos referindo basicamente ao marketing digital, como criar um marketplace e perfis em redes sociais para seu negócio.

Tal estratégia lhe oferecerá:

  • Baixo investimento de capital
  • Maior alcance de público
  • Visibilidade de mercado
  • Fortalecimento da sua marca.

Sendo assim, se você quer que suas vendas “bombem” em 2020, é essencial marcar presença online, tanto para marcar espaço na concorrência quanto para aumentar suas chances de venda.

DIVULGUE SEU NEGÓCIO

Certamente você já ouviu que a propaganda é a alma do negócio, não é mesmo? Pois bem, esse ditado se aplica e muito no mercado de lingerie.

Como a concorrência é alta, se você não investir em uma boa divulgação, infelizmente seu negócio ficará para trás. 

Sendo assim, nesse passo é importante que você crie uma identidade digital para sua marca, atualize sempre suas redes sociais não só com foto de seus produtos, mas também com informações relevantes, como maneiras de cuidar das lingeries, dicas de formatos para cada tipo de corpo, enfim.

Além disso, entre em grupos de vendas e faça anúncios de ofertas da semana, peças novas que chegaram na sua coleção, entre outras estratégias para alavancar suas vendas. 

GUARDE DINHEIRO PARA INVESTIR

Nenhum negócio sobrevive sem futuros investimentos e no caso da revenda de lingerie isso é ainda mais marcante. 

Vão ter momentos que a sua cliente vai bater o olho em um conjunto, porém ele é tamanho P e ela veste M, vai chegar uma hora em que suas clientes fiéis já viram todas as peças da sua coleção e vão precisar de novidade e por aí em diante. 

Então, para não perder clientes e ainda aumentar o número de vendas de lingerie é essencial ter um capital reservado para investir em seu negócio, seja em modelos novos ou até mesmo campanhas de divulgação.

Amigas, chegamos ao final deste guia e esperamos sinceramente que você tenha conseguido entender como começar um negócio do zero.

As ideias para começar um negócio não faltam, mas é preciso muita avaliação prévia do seu nicho de mercado e principalmente planejamento de estratégias para se manter no mercado.

Mas, não se preocupe, pois você dará conta de tudo isso, afinal o mercado de lingerie oferece oportunidades imensuráveis!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp